Geral

Curso de Capacitação básica para prevenção e combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes - Piracicaba

O curso qualifica professores e educadores para a escuta e o acolhimento de crianças e adolescentes vitimas de violência.

Curso de Capacitação básica para prevenção e combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes - Piracicaba

CURSO DE CAPACITAÇÃO BÁSICA PARA PREVENÇÃO E COMBATE AO ABUSO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Objetivo Geral

O curso destina-se aos professores, diretores, mediadores e demais profissionais de escolas públicas que participarão das ações do PROJETO EU TENHO VOZ – Contra o abuso sexual de crianças e adolescentes, promovido pelo Instituto Paulista de Magistrados (IPAM), e da sua versão on-line, PROJETO EU TENHO VOZ NA REDE.

 

Objetivos Específicos

  • Promover uma compreensão ampliada dos fenômenos do conflito e da violência, com a conscientização dos fatores relacionais, institucionais e sociais que os motivam;
  • Introduzir os conceitos da justiça restaurativa e de práticas restaurativas enquanto meios de solução de conflitos e reparação de danos;
  • Introduzir os conceitos básicos de mediação enquanto técnica de resolução de conflitos, com especial ênfase à comunicação não violenta, às técnicas de comunicação, importância do diálogo e escuta ativa e sem julgamento;
  • Introduzir técnicas e conceitos básicos de mediação escolar;
  • Favorecer a identificação de situações em que crianças e adolescentes possam estar sofrendo violência, a partir do entendimento da psicodinâmica familiar abusiva e dos indicadores comportamentais que enunciam tal problemática;
  • Qualificar para a escuta e acolhimento dos relatos de crianças e adolescentes que estejam sofrendo violência;
  • Habilitar a discussão de casos de forma ética e implicada dentro do contexto institucional;
  • Capacitar para a detecção, encaminhamento e acompanhamento de atos abusivos ou negligentes praticados contra crianças e adolescentes;
  • Possibilitar a prevenção da revitimização.


 

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

MÓDULO 1

Introdução aos métodos consensuais de solução de conflitos
Hertha Helena Rollemberg Padilha de Oliveira
Duração: 1h47


Conteúdo

1) Comunicação, Linguagem e Conflito
2) Teoria da Comunicação
   a) Escuta ativa. Comunicação nas pautas de interação e no estudo do inter-relacionamento humano
   b) Aspectos sociológicos, (ilusórios/imaginários, paradigmas e preconceitos) e aspectos psicológicos (identidade, interesses, necessidades, inter-relações e contrato psicossocial tácito, inter-relações pessoais, profissionais e sociais)
3) Teoria Geral do Conflito. Conceito e estrutura. Aspectos objetivos e subjetivos
4) Formas de resolução dos conflitos: adversariais e não adversariais
5) Comunicação e Conflito.



MÓDULO 2

CNRVV - Prevenção e combate à violência doméstica contra crianças e adolescentes

Conteúdo Geral do módulo 2

• Violência doméstica contra crianças e adolescentes: marcos conceituais.
• A psicodinâmica familiar abusiva
• A intervenção transdisciplinar e o trabalho em rede intersetorial
• O papel da educação na identificação precoce dos casos e na parceria com os atores da rede de proteção à infância e juventude

Dalka Chaves De Almeida Ferrari
Duração: 45min

Conteúdo

1) ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente – um breve olhar
2) Mecanismos e estatísticas das violências praticadas contra crianças e adolescentes.
3) Modalidades de violência, exploração e abusos praticados contra crianças e adolescentes.
4) Cenários sociais e familiares do mecanismo da violência.
5) Consequências físicas, psicológicas e sociais nas vítimas, dos atos praticados de abuso e violência contra crianças e adolescentes.
6) Tipos e graus de gravidade das violências praticadas contra crianças e adolescentes.

Beatriz Dias Braga Lorencini
Duração: 1h03

Conteúdo

1) Ações de Prevenção em Escolas e Organizações Sociais
2) Papel da Educação na prevenção de violência
3) Violência ON LINE; como se prevenir?
4) Proteção da Infância e Adolescência em Rede

Ana Cristina Amaral Marcondes De Moura
Duração: 46min

Conteúdo

1) Como agir ao identificar casos de violência
2) Redes de Proteção à Criança e ao Adolescente
3) Por que devemos trabalhar em Rede para combatermos o fenômeno da violência 
4) Como se organizam as Redes de Proteção
5) O que devem alcançar as Redes de Proteção
6) A Lei Federal 13.431- Depoimento Especial e Escuta Especializada
7) Fluxo de Encaminhamento de Situações de Violência Contra Crianças e Adolescentes

Arlete Salgueiro Scodelario
Duração: 1h07

Conteúdo

1) Dinâmica da família em situação de violência.
2) Dinâmica da relação com os profissionais.
3) Como serão afetados na realização de suas ações de proteção.


MÓDULO 3

Mediação Escolar
Monica Haydee Galano
Duração: 1h19

Conteúdo

1)  Civilização e barbárie
2)  Violência nas escolas
3)  Desafios relacionais
4)  Do conflito ao litígio
5)  Dos direitos às necessidades
6)  Porque mediação escolar?
7)  Mediação escolar preventiva
8)  Uma aula pacífica
9)  Mediação escolar no Brasil
10) Público alvo da mediação escolar
11) Etapas da mediação escolar
12) Análise dos desafios para a família na quarentena
13) Sintomas e ações possíveis
14) Convivência, conflitos e comunicação
15) Relações saudáveis nas escolas


MÓDULO 4

Introdução à Justiça Restaurativa

Marcelo Nalesso Salmaso
Duração: 1h11

Andrea Svicero
Duração: 50min


Conteúdo

1) Cultura de Paz e Justiça Restaurativa
2) Conceito, princípios e dimensões da Justiça Restaurativa
3) O círculo de paz 
4) Escola restaurativa


MÓDULO 5

Formação Artística e Pedagógica Cia Narrar

Compartilhamento da experiência artística e pedagógica com a trajetória do projeto, levando a reflexão com ações virtuais para as educadoras, educadores e o público adulto.
Unindo as forças da ARTE e EDUCAÇÃO, através da poesia e ludicidade, levando as informações na luta no combate e prevenção às violências físicas e sexuais contra crianças e adolescentes.

Escuta histórias de vida
Patrícia Torres
Duração: 1h09

Vivência formativa artística em vídeo-performance, costurando contos poéticos criados a partir da ESCUTA das violências dos estudantes pela arte- educadora Patrícia Torres no chão das escolas públicas.

Conteúdo

1) Caminhos para a escuta das violências no chão da escola pública.  
2) Vivências artísticas nas escolas públicas para promover com os aprendizes reflexão e sensibilização.
3) Abordagens da distopia, utopia (conceito do Paulo Freire como inédito viável) e utopia cósmica nas escolas públicas. 

Revisitando a infância
Vânia Lima
Duração: 25min

A formação tem como proposta o revisitar as brincadeiras e as vivências da infância. A partir dessas memórias, partilhar com os educadores caminhos utilizando como base as ferramentas artísticas para a abordagem das violências em sala de aula, por meio de jogos e brincadeiras lúdicas.

Conteúdo

1) Partilhas de jogos teatrais e lúdicos para promover a escuta no chão das escolas públicas.
2) Vivência artística e poética revisitando a infância das educadoras e educadores.


PROFESSORES

Dra. Hertha Helena Rollemberg Padilha de Oliveira

Dra. Hertha Helena Rollemberg Padilha de Oliveira

Juíza

Juíza Substituta do Tribunal de Justiça de SP – 2ª. Instância; 2ª. Vice-Presidente do Instituto Paulista de Magistrados (IPAM); Coordenadora da Área de Conciliação e Mediação da Escola Nacional de Magistratura (ENM) da Associação dos Magistrados Brasileiro (AMB); Coordenadora do Curso de Capacitação de Conciliadores e Mediadores do IPAM; Idealizadora e coordenadora do projeto EU TENHO VOZ – Contra o abuso sexual de crianças e adolescentes, executado pelo IPAM.

Dalka Chaves de Almeida Ferrari

Dalka Chaves de Almeida Ferrari

Psicóloga

Psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP/1970); Psicodramatista/Didata e Supervisora  pela FEBRAP - Federação Brasileira de Psicodrama (1973); Especialista em Violência Doméstica pelo Lacri/IPUSP (1994); Psicoterapeuta em Consultório particular desde 1970; Coordenadora Geral do CNRVV - Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae desde 1994; Docente e Membro da Diretoria do Instituto Sedes Sapientiae  durante 11anos (último mandato até 12/02/2019).

Beatriz Dias Braga Lorencini

Beatriz Dias Braga Lorencini


Psicóloga, psicodramatista, especialista no tratamento, intervenção e prevenção em situações de Violência Doméstica; Coordenadora da área de prevenção do CNRVV com trabalhos que envolvem; implantação de pólos de prevenção da violência, coordenação da Sala de Espera para Crianças e Adolescentes com atividades sócio-educativas; Proteção da Infância e Adolescência em Rede; Professora dos Cursos de Capacitação, Aperfeiçoamento e Expansão ministrados pelo CNRVV.

Ana Cristina Amaral Marcondes De Moura

Ana Cristina Amaral Marcondes De Moura


Bacharel em direito, assistente social com especialização em violência doméstica; Membro do Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae, Supervisão da equipe de Serviço Social, pesquisadora e docente dos cursos de expansão e aperfeiçoamento; Coordenadora Técnica do Núcleo de Apoio Profissional de Serviço Social e Psicologia do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Assistente Social Judiciária da CEJAI – Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional

Arlete Salgueiro Scodelario

Arlete Salgueiro Scodelario


Especialista em Violência Doméstica pelo Lacri/Instituto de Psicologia da USP; - Psicoterapeuta Familiar pelo Instituto Sedes Sapientiae; Psicanalista pelo Departamento de Formação em Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae; Título de especialista em Psicologia Clínica, outorgado pelo Conselho Regional de Psicologia - 6ª. Região; Bacharel em Psicologia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras São Marcos (1979).

Monica Haydee Galano

Monica Haydee Galano

Psicóloga

Graduação em Psicologia pela Universidade Nacional de Buenos Aires (1977), mestrado em Psicologia (Psicologia Social/1989) e doutorado em Psicologia (Psicologia Social/1994) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP); Professora convidada da Pontifícia Universidade Católica de SP, coordenadora do curso Mediação na Coordenadoria Geral de Especialização, Aperfeiçoamento e Extensão; Professora convidada da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e da UNIFESP; Experiência na área de Psicologia, com ênfase em Intervenção Terapêutica, atuando principalmente nos seguintes temas: mediação, abordagem sistêmica, terapia familiar, família e abordagem narrativa.

Marcelo Nalesso salmaso

Marcelo Nalesso salmaso

Juiz

Juiz de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo, com formação em Justiça Restaurativa; Membro do Grupo Gestor da Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Membro do Comitê Gestor da Justiça Restaurativa do Conselho Nacional de Justiça; Secretário para Justiça Restaurativa da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB); Coordenador da Justiça Restaurativa no Núcleo de Estudos da Associação Paulista de Magistrados (Apamagis); Membro-colaborador da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Coordenador do Núcleo da Justiça Restaurativa da Comarca de Tatuí SP.

Andrea Svicero

Andrea Svicero


Assistente Social Judiciária; Supervisora do Serviço de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça de São Paulo; Membro do Grupo Gestor da Justiça Restaurativa do TJSP; Especialista em Sociopsicologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política; Especialista em Serviço Social e Direitos Sociais pela Universidade de Brasília; Facilitadora de Processos Circulares; Formadora em Justiça Restaurativa e em Processos Circulares.

Patrícia Torres

Patrícia Torres


Atriz, contadora de histórias e educadora, professora de Arte/Teatro na rede municipal de educação de São Paulo desde 2017. Graduada em Teatro pela Universidade Anhembi Morumbi e pós-graduada em A Arte de contar histórias pela Facon. Formou-se, ainda, no curso de contadores de histórias do Sistema Municipal de Bibliotecas da Prefeitura de São Paulo. Dramaturga e atriz da peça teatral “Marcas da Infância”, do Projeto Eu Tenho Voz, com a Cia NarrAr Histórias Teatralizadas. Idealizou e realiza, junto com Thalita Passos, o projeto “Escuta como Escuto” de criação de histórias em Libras e Português para surdos e ouvintes. Autora da peça teatral “Essa é a história da carteira que voou”, que narra os desafios da educação pública brasileira. 

Vânia Lima

Vânia Lima


 Atriz, produtora, arte educadora e pedagoga. Estudou Interpretação e Direção Teatral no Conservatório de Tatuí (CDMCC). Formada pela Escola Livre de Teatro (ELT) de Santo André. Integrante da Cia. do Mofo, e do Grupo Forfé. Atualmente integra o projeto “Eu tenho voz” com a Cia. NarrAr Historias Teatralizadas, apresentando o espetáculo “Marcas da Infância”. É idealizadora, em parceria com Daniela Cavagis, do Projeto Desaparecidas. 

realização


Instituto Paulista de Magistrados (IPAM) 


  • Gratuito